Comunicação Política e Opinião Pública

Resumo

De modo geral, focaliza as questões teóricas e empíricas decorrentes da relação política fundamental entre mídia e democracia. Acolhe estudos nas várias interfaces entre comunicação e política, abrangendo, entre outros temas: Comunicação estratégica e campanha eleitoral; Comunicação institucional e imagem pública; Opinião pública e comportamento político; Jornalismo político; Tecnologias da comunicação e política.

Justificativa

Os estudos na interface entre comunicação e política vêm ganhando, na área de Ciência Política, espaço compatível com a importância crescente da comunicação para os vários aspectos da política. Afinal, é difícil pensar, hoje, os temas clássicos da disciplina – partidos políticos, relação entre poderes, entre Estado e cidadãos, entre nações, cultura política e opinião pública, representação e deliberação, por exemplo – sem encontrar implicações para os estudiosos da comunicação política. Esta AT procura trazer este debate atual, essencialmente interdisciplinar, para dialogar com a área, congregando número significativo de pesquisadores sediados em diversos Programas do país, em CP e em áreas afins. Criada em 2008 sob coordenação de Marcus Figueiredo, a AT veio atender à demanda deste grupo, já institucionalizado em outros fóruns como a ANPOCS e COMPÓS, e que cresce com a incorporação de novos pesquisadores discentes e professores doutores, como demonstra a procura nos Encontros da ABCP desde a fundação da AT.