mesa redonda
-
12

O drama de 1964: atores e interpretações

Decorridos quarenta anos do golpe de 1964, já se constituiu uma considerável literatura sobre suas causas, envolvidos e consequências. Esse acontecimento chave de nossa história não poderia deixar de refletir sobre o pensamento político brasileiro, alimentando variadas análises que ainda repercutem sobre a maneira de se entender o país e seus dilemas. Trata-se na mesa redonda de dar espaço para algumas das mais importantes dessas interpretações e particularmente para como foram entendidos alguns dos atores políticos mais importantes do período, identificados, entre outros, com a esquerda, a direita, os militares.

quinta-feira, 7 de Agosto de 2014 - 08:30

Coordenadores

Christian Edward Cyril Lynch (UNIRIO - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro)

Expositores

Jorge Chaloub (UFF - Universidade Federal Fluminense)
Celso Castro (Fundação Getulio Vargas - Rio de Janeiro)
Marcelo Ridenti (UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas)