Primeira turma de bacharéis em Ciência Política da Universidade Federal do Estado Rio de Janeiro é formada

Alunos da Turma Nicolau Maquiavel formados no último mês de maio são os primeiros bacharéis do curso de Ciência Política da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Os alunos, oriundos majoritariamente do Rio de Janeiro, são os últimos a terem realizado o vestibular da universidade antes da criação do Sistema de Seleção Unificada que adotou o ENEM para 100% das vagas no concurso de 2010.

[caption id="attachment_6118" align="alignleft" width="300"]919851_4114818207230_1753594011_o Alunos da primeira turma de Ciência Política da UNIRIO / Fonte: Divulgação[/caption]

Criado em 2009, no contexto de implantação do REUNI, o curso foi o terceiro do tipo no país em uma universidade pública (o mais antigo é o da Universidade de Brasília), e está sediado no Centro de Ciências Jurídicas e Políticas (CCJP).

Todos os anos, cerca de cem novos calouros são admitidos pelo SiSU, porém a alta taxa de evasão nos primeiros anos fez com que o curso permanecesse com pouco mais de 200 alunos no total. A tendência, segundo a previsão de alunos e professores, é que essa taxa fique estabilizada já nos próximos vestibulares com o ingresso de estudantes de outros estados e a consolidação do bacharelado na área.

Hoje no Brasil existem doze* cursos de graduação em Ciência Política em quatro das cinco regiões do país. Confira o gráfico de distribuição abaixo (clique na imagem para ampliar):

MAPA_CP_GRADUAÇÃO_BRASIL2013_vweb

A Diretoria da ABCP começará em outubro a primeira fase dos diálogos com seus associados sobre a abertura da associação para a inscrição de membros em nível de graduação. Atualmente, a categoria sócio-estudante só abrange os alunos de mestrado e doutorado.

Pela proximidade com os alunos do curso do Rio de Janeiro, a ABCP já reconhece que uma das principais questões a ser levantada pelos estudantes será a necessidade de maior reconhecimento e abertura por parte do mercado de trabalho aos bacharéis em Ciência Política, não só na forma de vagas empregos efetivas, mas principalmente de estágios nos setores público e privado.

*Em uma primeira versão publicada, a notícia informava a existência de apenas cinco cursos de bacharelado em Ciência Política. Um mapa foi divulgado levando em consideração essas informações. Um erro na página do e-MEC que mostrou apenas os cursos da UFPE, UnB, UNIRIO, UNIPAMPA e UNILA como gratuitos. Uma nova pesquisa (que considera inclusive os cursos particulares) mostrou a existência  de outros sete cursos: da UFPI (o curso é gratuito), UNINTER, ULBRA, SERRA-VIX, FAP, Faculdade América Latina e UDF.  Um novo mapa que considera todos estes cursos foi elaborado.