Nota da Diretoria - Solidariedade aos professores demitidos da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto

A Associação Brasileira de Ciência Política vem, por meio desta, manifestar sua preocupação com a demissão do professor de Ciência Política, Doutor Paulo C. J. Faria, da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto, de Luanda, Angola. Ela foi seguida do pedido de demissão do também professor de Ciência Política, Doutor Nelson Domingos, em protesto à interrupção do contrato do primeiro pela UAN. A demissão, que parece ter sido uma reação à posição pública do professor quanto a procedimentos internos da universidade em concurso público, traz preocupações quanto às garantias para a liberdade de cátedra e de expressão e para os direitos civis em Angola.

Os professores Faria e Domingos estão entre os principais cientistas políticos do país e são comprometidos com a produção de conhecimento e a construção democrática em Angola. Domingos é doutor em Ciência Política pelo IESP-UERJ, tendo defendido a tese “Transição pela transação: uma análise da democratização em Angola” sob a orientação da Profª. Thamy Pogrebinschi. Faria é doutor em Ciência Política pela University of Kent, do Reino Unido, publicou o livro "Post-War Angola: Public Sphere, Political Regime and Democracy", entre outros, e é, atualmente, presidente da Associação Angolana de Ciência Política.