Nota de repúdio - exoneração de pesquisadores da Fundação Casa de Rui Barbosa

A Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP) manifesta publicamente seu repúdio à exoneração de pesquisadores da Fundação Casa de Rui Barbosa.

Pesquisadores qualificados e experientes, respeitados e reconhecidos, foram exonerados no dia 8 de janeiro de 2020. A ABCP se solidariza com eles e lamenta por mais um episódio da operação de desmonte de instituições relevantes para a pesquisa, a ciência e o patrimônio histórico e cultural brasileiro.

Com origem em um museu-biblioteca instituído pelo presidente Washington Luís em 1928, a Fundação Casa de Rui Barbosa tornou-se um dos espaços de maior importância para a preservação de documentos e a pesquisa histórica no país. É também um local em que a arte tem sido prestigiada, com respeito à riqueza e à diversidade da cultura nacional e internacional.

Torna-se fundamental, em um momento como esse, destacar a importância da memória, da história e da crítica política constituída ao longo do tempo e que consiste, ela própria, em patrimônio de uma sociedade.

Diretoria da ABCP