OLB publica estudo sobre atividade parlamentar nos temas de Ensino Superior, Ciência e Tecnologia

Num momento em que a crise aguda na área da saúde e da gestão pública causada pela pandemia de COVID-19 reafirma a importância do investimento em ciência e tecnologia, entender o comportamento da Câmara em relação a tais assuntos revela-se de enorme importância.

Tendo em vista esse objetivo, o Observatório do Legislativo Brasileiro (OLB) analisou as atividades dos parlamentares na tramitação de proposições pertinentes aos temas de ensino superior, ciência e tecnologia durante a legislatura de 2015-2018.

O resultado dessa pesquisa é mais um ranking temático dos parlamentares. Entre os projetos mais importantes analisados estão os referentes à criação de novas universidades federais, aquele que instituiu o Código Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação e o da reforma do FIES. 

No estudo, foram consideradas ações positivas aquelas que favoreceram um maior investimento público no setor, a institucionalização de mecanismos regulatórios e a desburocratização da agenda científica. 

A ABCP acompanhou a definição dos critérios e as análises realizadas, numa colaboração essencial com a produção acadêmica num momento de enormes dificuldades para o Ensino Superior e a Ciência e Tecnologia do país.

Clique no link abaixo para conferir a pesquisa na íntegra!

Documentos relacionados